... Click AQUI e conheça o GUIA de Goiás Velho! ..

Tá estressado ? Chalé, Natureza e descanso... ..... Usuários online ....Tá estressado ? Chalé, Natureza e descanso...



IGREJAS DA CIDADE DE GOIÁS VELHO

Igreja da Matriz "Santana"

Catedral da cidade de Goiás, a Igreja de Santana começou a ser construída em 1743 pelo Ouvidor Geral de Goiás, Manoel Antunes da Fonseca, que resolveu demolir a antiga capela que existia no mesmo lugar para edificar outra compatível com crescimento da cidade. A igreja foi planejada para comportar três vezes mais pessoas que a Catedral do Rio de Janeiro.

Como a obra fora construída de maneira muito precária, em 1759 todo o seu teto desabou, e a população foi obrigada a arcar com os custos da recuperação. Com uma história de inúmeras reformas e reconstruções, teve seu projeto alterado diversas vezes e só em 1998 a igreja foi restaurada pela Diocese de Goiás em parceria com o IPHAN.

Outras Inforrmações

O primeiro dezabamento do teto aconteceu em 1759 e depois 1872. A matriz é arreada novamente. Em 1910 Dom Prudêncio inícia as obras da catedral. Em 1940, Darcília de Amorim e suas irmãs assumen a continuação das obras. Daí em 1985 a familia Veiga realiza festa para colocar piso e o forro da nave. As obras continuaram até 1997 quando o Iphan termina o projeto do arquiteto Fernando Medeira, mostrando a fases da construção da catedral.

Localização: Praça Castelo Branco (Largo do Palácio), s/n


Igreja da Boa Morte

Sua construção foi iniciada pelos militares, que não puderam concluí-la devido a uma proibição real que os impedia de serem proprietários de igreja. Tendo sido doada à Irmandade dos Homens Pardos, sua construção foi concluída em 1779. No ano de 1921, um incêndio destruiu o altar-mor, a sacristia e ainda várias imagens de madeira atribuídas ao escultor Veiga Valle. Em 1969 a Igreja passou a sediar o Museu de Arte Sacra da Boa Morte.

É o único edifício da cidade que apresenta elementos característicos do barroco em sua fachada e é de sua porta principal que sai, toda quarta-feira de trevas da Semana Santa, a Procissão do Fogaréu.

Desde 1969, a igreja abriga o Museu de Arte Sacra da Boa Morte, que possui imagens sacras de vários autores, com destaque para o artista Veiga Valle. Coroas, cálices, castiçais, tocheiros e lampadários dos séculos XVIII e XIX, peças de origem portuguesa e telas com temas religiosos completam o acervo.

Conheça a história e obra de Veiga Valle .

Localização: Rua São Luiz do Couto, s/n ( ver no mapa )
Telefone: (62) 371-1207
Visitação: terça a sábado, de 12h30 às 17h; domingos e feriados, de 8h às 12h.


Igreja do Rosário

A antiga igreja do Rósario dos pretos foi erguido em 1734 por Antônio Pereira Bahia. Em 1934 foi construida a atual igreja pelos dominicandos. Na década de 50 o Frei Nazareno Canfaloni, pintou o interior da igreja. Ao lado fica o convento do Rosário onde funciona a associação dos artesões de Goiás.


Igreja de São Francisco

Esta foi a terceira Igreja construída na cidade de Goiás. Tendo sido concluída em 1761, ela é hoje sede da Irmandade do Senhor dos Passos. Sua fachada apresenta a mesma simplicidade dos outros templos da cidade. Os forros, tanto da nave quanto da capela-mor, foram pintados por André Antônio da Conceição em 1869. E onde é ensenada a prisão do Cristo na porcissão de Fogaréu, na quarta-feira de trevas.

Localização: Praça Zacheu Alves (Largo de São Francisco


Igreja Santa Barbara

Iniciada por Cristóvão José Ferreira em 1775, foi concluída cinco anos depois. Com uma fachada extremamente simples, essa Igreja foi construída em blocos de pedra-sabão e adobe. É alcançada por uma escadaria de 52 degraus, que teria sido também de pedra-sabão, mas que posteriormente foi substituída por cimento. Atualmente a edificação se encontra em estado precário, sendo aberta apenas para a festa da padroeira, no mês de dezembro. Localizada na saída da cidade para o norte, a Igreja oferece uma das mais belas vistas da cidade. A imagem de sua padroeira é de autoria do escultor Veiga Valle.


Igreja da Abadia

Mandada construir em 1790 com esmolas do povo pelo rev. Salvador dos Santos Batista, a pequena igreja fica na esquina da rua dos Bancarios.Um dos melhores exemplares da arquitetura religiosa da cidade de Goiás, a Igreja de Nossa Senhora da Abadia foi edificada no final do século XVIII pelo padre Salvador dos Santos Batista. O sofisticado forro da nave, pintado por um autor anônimo, representa Nossa Senhora em meio a um grupo de anjos.


Igreja da Nossa Senhora da Aparecida

A Igreja de Nossa Senhora de Aparecidda foi construida em 1910 e está localizado no Povoado de Areias a dez quilômetros dda Cidade de Goiás, na GO-070.


 

Com uma arquitetura bastante simples e dimensões modestas, está situada entre o Hospital de Caridade e edifícios residenciais. Teve sua construção iniciada no século XVIII pelo Secretário de Governo Diogo Luiz Peleja. Porém, devido à falta de recursos, a obra foi doada à Confraria de São Benedito dos Homens Pardos Crioulos, que a concluiu e ocupou em 1786. Atualmente é utilizada apenas na Festa de Nossa Senhora do Carmo.

Localização: Rua Couto de Magalhães (Rua do Carmo), s/n


Igreja do Ferreirro